• Fabrício Proença

A maior flor do mundo

Nas florestas densas do sudeste asiático, mais especificamente na Indonésia e nas ilhas de Sumatra e Bornéu, é possível encontrar, se tivermos sorte, uma planta cujas flores são enormes: as raflésias.

As raflésias pertencem a um gênero de angiospermas que conta com cerca de 20 espécies diferentes já catalogadas. Uma delas, a Rafflesia arnoldii, consegue ser a recordista, produzindo flores que podem ter pouco mais de um metro de diâmetro e pesar aproximadamente 10 kg.

E a flor é realmente um caso à parte. Leva até dez meses para abrir e quando o faz expõe cinco pétalas vermelhas com manchas esbranquiçadas e pegajosas, que exalam um cheiro fortíssimo de carne em decomposição.

O aroma putrefato atrai moscas que, iludidas, acabam carregando o pólen de uma flor a outra, auxiliando na polinização. Por causa dessa peculiar característica, a raflésia é comumente referida como a “flor-cadáver” ou “flor-carne”.


Parasitismo como forma de vida

Esse vegetal possui um aspecto bastante incomum para os padrões botânicos. Como vive no chão da selva, aonde a luz do sol não chega, a raflésia usa a estratégia do parasitismo para conseguir sobreviver, se desenvolvendo próxima da base de árvores do gênero Tetrastigma.

Suas raízes possuem haustórios, estruturas filamentosas que penetram nos tecidos e na raiz das árvores hospedeiras a fim de sugar-lhes a seiva elaborada rica em nutrientes.

A estratégia é tão eficiente que as raflésias nem precisam se dar ao luxo de realizar fotossíntese, dispensando a presença de folhas e reduzindo seu caule a uma base que age apenas como apoio para a flor.


Recordista em risco

Apesar de vários esforços para sua preservação, seu número vem declinando significativamente nos últimos anos. O desmatamento, as visitas constantes de ecoturistas e a extração ilegal para fins medicinais e afrodisíacos podem fazer com que a maior flor do mundo, também considerada um símbolo de preservação no sudeste asiático, desapareça em pouco tempo.


Por Fabrício Proença

Biólogo e professor de ciências


#rafflesia #rafflesiaarnoldii #flores #flor #botânica #parasitismo #plantas #relaçõesecológicas

17 visualizações0 comentário
Tropical Leaves

Explore nosso conteúdo

Redes Sociais

Newsletter

Receba novidades e atualizações

©2020 Biodiversidades. Orgulhosamente criado com Wix.com

biodiversidades.site@gmail.com